Desembargador pede propina de 700 mil

Compartilhe -

Esse eh o motivo da necessidade daquela lei de abuso de autoridade, claro com a emenda de anastasia.

O Desembargador Eduardo Gallo pediu 700 mil de propina pra favorecer o cliente do advogado Felisberto Odilon Córdova.

Juízes e desembargadores a muito tempo  pedem propina, negociam sentenças e se forem pegos, no máximo são aposentados. A lei de abuso de autoridade era necessária, foi contaminada por Renan Calheiros mas Anastasia fez uma emenda que a “descontaminou”.

No caso desse vídeo, agora depois que a lei de abuso foi aprovada esse desembargador será punido de forma mais severa, se fosse como antes, no máximo aposentaria com salário INTEGRAL de 30 mil reais.