Aprovado na CCJ um projeto para extinguir MORDOMIAS do governo e do judiciário

Compartilhe -

Foi aprovado na CCJ um projeto para extinguir MORDOMIAS do governo e do judiciário.

De autoria do deputado Pedro Cunha Lima, do PSDB da Paraíba,  a proposta  acaba com o direito a carros oficiais de deputados, senadores, juízes, promotores, procuradores e ministros de tribunais superiores, de Contas e conselhos.

O Brasil não pode mais (e nunca pôde) pagar mordomias para  “as excelências”, são verdadeiros sangue-sugas de dinheiro público. 
Recentemente tivemos aumento de imposto de combustíveis, esses aumentos se devem ao fato de que o governo CUSTA MUITO CARO, só o judiciário custa 80 BILHÕES por ano, manter os ministérios custa 400 BILHÕES por ano, só para o judiciário e ministérios cada Brasileiro paga 1935 reais por ano.Tem ainda outros órgãos dos Estados, saúde educação, segurança. São, BILHÕES, BILHÕES, e BILHÕES pra manter os sangue-sugas.

O projeto de Pedro Cunha para virar lei falta um LONGO CAMINHO de MUITA PRESSÃO POPULAR.

O projeto ainda precisa ser chancelado pelo Plenário da Câmara e pelo Senado, antes ir à sanção da presidência da República. Pressione os deputados, divulgue, compartilhe. Peça aos senadores e aos deputados para aprovarem esse projeto. Não aguentamos mais pagar impostos.

Confira nos links:
Veja
Istoé